Info Útil

Serviço Nacional de Saúde cria “app” para combater depressão

Esta App vai ser lançada em setembro para ajudar a tratar pessoas com depressão ligeira a moderada.

Saiba mais aqui

Maia lança programa de inclusão profissional para portadores de deficiência

O objetivo do projeto é contribuir para a integração profissional das pessoas com deficiência, proporcionando o exercício de uma atividade profissional e o desenvolvimento de competências pessoais, sociais e profissionais necessárias à sua integração, em regime de trabalho normal.

Além da autarquia da Maia, distrito do Porto, assinaram um protocolo de cooperação o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o Centro de Reabilitação Profissional de Gaia (CRPG) e a Associação Empresarial da Maia (AEM).

Saiba mais aqui

Uma App portuguesa que ajuda a reduzir os acidentes rodoviários

Conheça aqui esta App nacional

Reinserção profissional de vitimas de TCE (2ºpasso)

Iniciativa inédita cria programa de apoio à colocação no mercado de trabalho para pessoas que sofreram Traumatismo Crânio-Encefálico (TCE).
A Novamente, associação que apoia Traumatizados Crânio Encefálicos e Famílias, faz parte do grupo de trabalho que o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), numa iniciativa inédita e de carácter de reintegração, formou com o Centro de Reabilitação Profissional de Gaia (CRPG) e com as federações representativas das organizações de reabilitação representadas no FÓRUM para a Integração Profissional (FORMEM, FAPPC, HUMANITAS e FENACERCI). Este grupo foi criado com o objetivo de desenhar um modelo de intervenção no âmbito do emprego e formação profissional, que possa responder às necessidades das pessoas vítimas de TCE ou outra lesão cerebral adquirida, após a alta hospitalar.

Trata-se de um programa específico de formação e apoio à colocação no mercado de trabalho, ajustando a legislação já existente a esta população específica. Estão a ser já analisados e escolhidos quais os Centros de Recursos que vão receber os primeiros casos de TCE para avaliação e posterior encaminhamento. Este ano serão ainda feitas as avaliações às pessoas que sofreram TCE e dada orientação, pelos Centros de Recursos selecionados, às mesmas de forma a promover a reintegração de pessoas que sofreram TCE no mercado de trabalho.

Este grupo de trabalho acredita que este projecto irá responder a muitas das necessidades que diariamente são apresentadas à Novamente e que pode ser um passo para um melhor futuro para quem sofre um TCE em idade ativa.

No passado dia 18 Maio no Centro Reabilitação Profissional de Gaia realizou se a apresentação e formação deste programa:

Apoio à inserção/reinserção profissional de pessoas com lesão cerebral adquirida

A abertura e apresentação do programa esteve a cargo de:

Dr. Jorge Gaspar (Presidente do IEFP)

Dr.Jerónimo Sousa (Director CRPG)

Professor Doutor Castro Caldas (Instituto Ciências da Saúde – UCP – Lisboa)

Professora Selene Vicente (FPCEUP)

Dra. Sandra Guerreiro (CRPG)

Dra. Vera Bonvalot (Novamente)

Um programa de inserção que combate a lacuna de apoio a estes casos especiais de inserção de emprego e ocupacional que visa tirar de isolamento vitimas de traumatismo craniano grave e outros danos cerebrais que, segundo estimativa baseada em dados a DGS (Direcção Geral de Saúde) ultrapassam a 275.000 vitimas nos últimos 20 anos em Portugal e estavam sem apoio para retornar ao activo.

Pode consultar aqui o programa do dia.

Oportunidade de Emprego

A Neuroinova iniciou esta semana um processo de selecção de novos colaboradores no âmbito da Neuropsicologia.

Há neste momento um lugar disponível para alguém motivado para trabalhar na investigação e desenvolvimento de novas ferramentas de cuidados de saúde e avaliação cognitiva dos doentes.

Interessados? Enviar email para advisor@cogweb.pt, com o assunto “OPEN POSITION – NEUROPSYCHOLOGIST”, anexando CV e Carta de Motivação em inglês.

Os candidatos têm de estar elegíveis para a Medida Estágios Profissionais do IEFP

Boa sorte!

Governo apoia programa de empregabilidade às pessoas com deficiência

O Governo vai suportar até metade os custos de adaptação dos postos de trabalho para funcionários que adquiram deficiência.

As medidas fazem parte do “Programa de Emprego e Apoio à Qualificação das Pessoas com Deficiência e Incapacidade” e, de acordo com o documento, o Governo pretende apoiar até 50% os custos de adaptação do posto de trabalho em relação às empresas que mantenham nos seus quadros funcionários que “adquiram deficiência ou incapacidade no decurso da vida profissional.

Leia mais aqui

Fonte: Dinheiro Digital SAPO

Menores de 18 anos isentos de pagar taxas moderadoras

Com esta medida, o executivo pretende, com esta alteração, promover a saúde e garantir a eliminação de quaisquer constrangimentos financeiros no acesso dos menores aos serviços de saúde assegurados pelo Serviço Nacional de Saúde.

Fique a conhecer os Benefícios Fiscais para pessoas com Deficiência

Consulte aqui os benefícios fiscais

Fonte: tetraplegicos.blogspot.pt

Voz de Familiares ajuda a sair do coma

A voz de pessoas queridas pode ser fundamental para um paciente recuperar do estado de coma.

Leia aqui o artigo

Veja aqui o video do testemunho

Fonte: Boas Noticias

Serviço de teleassistência gratuito

O Serviço de teleassistência é uma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Fundação PT, que visa contribuir para a manutenção da autonomia dos seniores no seu domicílio, com dignidade e segurança, proporcionando uma resposta imediata em situações de urgência/emergência ou derivadas destas, 24 horas por dia, 7 dias por semana, bem como o apoio na solidão a todos aqueles que se encontrem em situação de vulnerabilidade ou dependência.

O serviço é gratuito e operacionalizado através de um equipamento telefónico com capacidade para efetuar de forma simplificada ligação à Sala de Operações Conjuntas da Câmara Municipal de Lisboa através de um número verde.

Podem beneficiar do Serviço de Teleassistência os munícipes da cidade de Lisboa (que efetuem o pedido de adesão), com idade igual ou superior a 65 anos, com ou sem deficiência ou doença crónica determinante de incapacidade, se a incapacidade for igual ou superior a 60%.

Para beneficiar deste serviço obtenha mais informação aqui , ou através dos telefones 21 798 8184, 21 798 8668 da Divisão de Ação Social e saúde da Câmara Municipal de Lisboa.

Fonte: Instituto Nacional para a Reabilitação

© 2011 Associação Novamente. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por Brandia Central. | RSS –