Relatório Mundial da Segurança Rodoviária, 2013

A Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou no passado dia 14 de Março, o Global Status Report on Road Safety 2013 (Relatório Mundial da Segurança Rodoviária, 2013), no qual Portugal participou, com informação consensualizada e trabalhada por vários parceiros: Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, Polícia de Segurança Pública, Guarda Nacional Republicana, Estrada Viva – Liga Contra o Trauma, Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias, Instituto da Mobilidade e Transportes Terrestres, Instituto Nacional de Emergência Médica e Instituto Nacional de Estatística, sob a coordenação da Direção-Geral da Saúde

Este é o 2º Relatório Mundial sobre Segurança Rodoviária e fornece uma atualização do que foi realizado em 2004, utilizando a mesma metodologia em todos os países  da OMS, por forma a que os dados possam ser comparáveis. Tem como objetivo identificar lacunas para a ação, quer ao nível nacional quer internacional e, no contexto da Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020, fazer um ponto de situação para a monitorização da Década em todo o Mundo.

O Relatório Mundial da Segurança Rodoviária 2013, apresenta informações sobre a segurança rodoviária de 182 países, representando quase 99% da população do Mundo. O Relatório indica que o número total de mortes por acidentes rodoviários, em todo o mundo, continua inaceitavelmente elevado, matando 1,24 milhões de pessoas por ano. Apenas 28 países, representando 7% da população mundial, têm legislação abrangente de segurança rodoviária sobre os cinco principais fatores de risco: condução sob o efeito do álcool, excesso de velocidade, e o não uso de capacetes, cintos de segurança e sistemas de retenção de crianças.

Este relatório serve como ponto de partida para a Década de Ação para Segurança no Trânsito 2011-2020, declarado pela Assembleia-Geral das Nações Unidas.

Consulte o Relatório Mundial da Segurança Rodoviária, 2013

Fonte: Direção Geral de Saúde

© 2011 Associação Novamente. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por Brandia Central. | RSS –