Tag: Acessibilidade

Acessibilidade na Tecnologia

Não se consegue ter emprego, informação, educação e até saúde, sem o acesso à tecnologia. Hoje em dia, o Móvel, a Web e a TV são os reis do uso pessoal da tecnologia. Até nisto as pessoas com deficiência são excluídas. Não parece verdade num ano de 2015 mas ainda são poucos os sites acessíveis, e a TV então é a mais lenta a adaptar-se a ser acessível, não sendo no entanto complicada a transição.

Para discutir acessibilidade para surdos, para cegos e acessibilidade para deficiência na área neurológica haverá um Webinar.

A Europa já tem grupo de trabalho, guidelines e até assumiu, em 2006 o compromisso de ter os sites da UE acessíveis até 2016, mas está longe de atingir o compromisso.

O webinar será nos Estado Unidos. De manhã realizam-se as apresentações e a tarde está aberta para discussão.

Interessante e para quem puder ou quiser participar: Clique aqui

Também damos a conhecer:

A Global Public Inclusive Infrastructures (gpii), veja mais aqui.

A European Disabiliy Forum tem disponivel um toolkit com directivas sobre acessibilidade segundo a norma EN301549.
Consulte aqui

A Global Acessibility Reporting Initiative – um site que tem a maior base de dados de aparelhos móveis e App´s acessíveis. É apresentado de forma acessível, podemos procurar que app´s acessíveis existem e para que efeito e os aparelhos móveis acessíveis.

Turismo Acessível em Estabelecimentos Hoteleiros

No início do mês de julho foi publicada a Norma Portuguesa NP 4523/2014 Turismo Acessível em Estabelecimentos Hoteleiros.

Mais informação

Fonte: Revista Plural & Singular

Turismo inclusivo nos Açores

Azores For All, disponibiliza informações sobre atividades lúdicas e desportivas para pessoas com necessidades especiais e turistas em geral.

Visite o site

Visitas ao Mosteiro da Batalha mais inclusivas

“O Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria) tornou possível a visita ao Mosteiro da Batalha, por mais públicos, tradicionalmente excluídos. A equipa do Centro de Recursos para a Inclusão Digital da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do IPLeiria (CRID/ESECS/IPLeiria) criou um guião em braille para visitantes cegos, um guião em Língua Gestual Portuguesa (LGP) para visitantes surdos e um guião em escrita simples e linguagem pictográfica, para pessoas com dificuldades intelectuais ou baixa literacia, que permitem acompanhar as visitas a este monumento, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade.

A iniciativa nasceu da vontade da direção do Mosteiro da Batalha, que pretendia criar um guião do Mosteiro em braille para os seus visitates cegos”, explica Célia Sousa, docente do IPLeiria e responsável pelo CRID. “Nós sugerimos que além disso se pudesse facultar um guião de visita que permitisse às pessoas cegas ter acesso aos diferentes locais na sua visita, pelo que foram desenvolvidas também imagens em relevo, tendo como base imagens reais e plantas do edifício, completadas com particularidades históricas e arquitetónicas”, adianta a docente. Este documento já está disponível no Mosteiro.

Sugerimos ainda um outro guião, em escrita mais simples e pictográfica, ou seja, as imagens e ideias são transmitidas através de desenhos, para pessoas com dificuldades intelectuais e com baixa literacia, e ainda outro documento, em língua gestual. Ambos estarão disponíveis na página web do Mosteiro, para que, por exemplo, um visitante surdo possa acompanhar em LGP, através do seu telemóvel ou tablet, a visita normal”, clarifica Célia Sousa.

Centro de Recursos para a Inclusão Digital do IPLeiria destina-se a todos os cidadãos com necessidades especiais e seus familiares, marcando a diferença a nível regional, nacional e internacional. É o único centro com estas características no País.”

Fonte: Revista Impulso Positivo

Projecto Simon – Dísticos Anti-Fraude

Lisboa prepara dísticos anti-fraude para pessoas portadoras de deficiência. A EMEL vai lançar dísticos únicos de estacionamento na cidade para evitar abusos de pessoas que não têm direito ao mesmo e aproveitam-se da facilidade de falsificação.
Este projeto pretende promover a acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. As soluções tecnológicas vão ser implementadas em Lisboa, Madrid e Parma, num projecto piloto, para que depois seja possível criar um sistema único em toda a União Europeia.
Fonte: Jornal I

Places4All – “Porque existem espaços para TODOS…”

Places4All é um sistema Sistema de Avaliação, Classificação e Informação sobre Condições de Acessibilidade em espaços físicos e que visa encontrar, reconhecer e divulgar informação dos espaços ou eventos com as melhores condições de acessibilidade e que garantem o maior grau de autonomia ao maior número de pessoas possível, promovendo a igualdade de oportunidades na mobilidade e escolha a todas as pessoas que procuram acessibilidade, especialmente pessoas com desafios de mobilidade, visuais, auditivos e de comunicação..

A missão é promover a igualdade de oportunidades no acesso a espaços físicos a todas as pessoas através da informação.

Fonte: http://www.places4all.com/

Clique aqui e saiba mais

Repsol inova com 1ª Estação de Serviço em Portugal com total acessibilidade

Localizada em Algés, no concelho de Oeiras, a estação de serviço de Algés representa mais um importante contributo económico e social da Repsol, permitindo a criação de 12 novos postos de trabalho, três dos quais são pessoas portadoras de deficiência motora ou cognitiva, que são apoiados por um supervisor com experiência na gestão de equipas com elevado grau de diversidade.
Esta estação é gerida pela subsidiária Gespost, que integra voluntariamente 3% de pessoas com deficiência, na operação das principais estações de serviço da marca Repsol em Portugal.

Praias Acessíveis para todos – 2011

O Gabinete de Apoio ao utente/serviço social do Centro de Medicina e Reabilitação de Alcoitão disponibiliza a lista de praias acessíveis com: acesso pedonal fácil; estacionamento ordenado com lugares para viaturas ao serviço de pessoas com deficiência; acesso à zona de banhos de nível, por rampa ou com recursos a meios mecânicos; passadeiras no areal; instalações sanitários acessíveis e posto de socorro acessível.

Aceda aqui à lista de praias acessíveis

Portugal Acessível

A Associação Salvador criou o primeiro portal português de divulgação de espaços acessíveis – Portugal Acessível. Este site disponiliza informação sobre mais de 2.400 espaços em todo o país, incluindo todas as capitais de distritos, assim como os concelhos de cascais e sintra, e os arquipélagos dos Açores (S.Miguel) e Madeira.

Mais informações

© 2011 Associação Novamente. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por Brandia Central. | RSS –