A novamente como Conselho Consultivo da ODDH nas recomendações das acessibilidades nos atos eleitorais

novamente foi uma das 13 entidades do Conselho Consultivo da Observatório da Deficiência e Direitos Humanos (ODDH) a desenvolver um relatório de recomendações que foi ontem enviado às Câmaras Municipais de todo o país, partidos políticos que apresentam candidatos às eleições europeias, Comissão Nacional de Eleições e Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna sobre “eleições acessíveis”. Estas recomendações alertam para a importância da acessibilidade da comunicação e informação no período da campanha eleitoral; e para a necessidade de providenciar a acessibilidade às Assembleias de Voto, assim como todas as condições e adaptações para o exercício do direito ao voto no dia do ato eleitoral. DM_Programa