“E se um acidente o atirar para uma cadeira de rodas?”

“Romper o silêncio que a ruptura com a sociedade traz às pessoas com traumatismo crânio-encefálico e famílias, informar a população sobre o problema, acreditando que um maior envolvimento de todos terá um impacto muito favorável na sua recuperação.”

Leia mais